slide

SEPULTAMENTO DO PADRE MARCOS ANTÔNIO SERÁ EM PARAÍBA DO SUL

Corpo do padre foi encontrado enforcado em sua propriedade em Laje de Muriaé

A Diocese de Leopoldina/MG confirma a morte do Padre Marcos Antônio Tavares Motta, sacerdote do município de Patrocínio do Muriaé/MG, que teria se enforcado em sua propriedade, na zona rural do município de Laje do Muriaé-RJ, na madruga desta segunda-feira, 19 de julho.

Após a constatação do óbito, seu corpo foi encaminhado para o IML, na cidade de Itaperuna, onde será necropsiado.

Tão logo as formalidades legais sejam cumpridas, o corpo será trasladado para a Igreja Matriz de Patrocínio do Muriaé, onde será celebrada a Santa Missa, em horário a ser definido de acordo com a liberação. No mesmo local, o corpo será velado durante toda a noite, seguindo na manhã de terça-feira para Leopoldina.

Na Catedral Diocesana de São Sebastião, em Leopoldina, será celebrada a Solene Missa Exequial, seguida do rito de encomendação, com a presença do clero diocesano e transmissão pelas redes sociais da Diocese de Leopoldina.

Após a Santa Missa em Leopoldina, o féretro será trasladado para Paraíba do Sul-RJ, terra natal do Pe. Marcos Antônio e onde residem seus familiares, onde será sepultado no cemitério local.

Na manhã desta segunda-feira, o corpo do padre foi encontrado em sua residência na localidade de Vai e Volta, na Zona Rural de Laje do Muriaé.

De acordo com a Polícia Civil o padre morreu por enforcamento, onde as evidências mostram sinais de suicídio. O caso será investigado na 138°DP de Laje do Muriaé.

Texto com informações do Blog do Jose Luiz e Diocese de Leopoldina.

Tecnologia do Google TradutorTradutor