quinta-feira, fevereiro 22, 2024

Prefeitos do estado do Rio cobram solução para falta de energia

Mais Lidas
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
Agência pública de notícias vinculada à Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Informação, cidadania, educação e cultura.

Prefeitos de diversos municípios do Rio de Janeiro reúnem-se nesta segunda-feira, no Theatro Municipal de Niterói, para discutir a prestação de serviços da Enel, concessionária de distribuição de energia, que atende a população dessas cidades.

Na última segunda-feira (20), o prefeito de Niterói, Axel Grael, determinou que a Procuradoria Geral do Município (PGM) entrasse com ação na Justiça para cobrar da concessionária a solução para a falta de energia que se arrastava desde o sábado (18), quando a cidade foi atingida por um temporal e fortes ventos. Depois da entrada da ação, a Segunda Vara Cível de Niterói decidiu aplicar multa diária de R$ 100 mil, que depois subiu para R$ 200 mil, porque a Enel não tinha restabelecido o fornecimento de energia elétrica em todo o município.

Na quinta-feira (23), a concessionária divulgou nota em que informava ter restabelecido o fornecimento de energia para os clientes afetados pela tempestade do sábado. “Nossas equipes permanecerão atendendo casos específicos de ocorrências pós-chuva. O evento climático, com chuvas intensas, fortes rajadas de vento e descargas atmosféricas, causou danos consideráveis à rede elétrica de diversas cidades fluminenses, resultando na interrupção do fornecimento de energia”, disse a Enel.

Para agilizar o atendimento, a empresa informou que chegou a mobilizar cerca de 900 equipes “para trabalhar intensivamente ao longo da semana”.

Ondas de calor

Também amanhã, em entrevista coletiva,marcada para as 8h, a prefeitura do Rio de Janeiro anunciará medidas para amenizar o impacto das ondas de calor na população da cidade, previstas para os próximos meses, com a aproximação do verão.

Os secretários de Saúde, Daniel Soranz; de Meio Ambiente e Clima, Tainá de Paula; e o chefe executivo do Centro de Operações do Rio, Marcus Belchior, participarão da entrevista, no Centro de Operações e Resiliência, na Cidade Nova, região central da cidade. O aumento da demanda de energia por causa do calor também provocou apagões na capital. Na Rocinha, zona sul, moradores fecharam a Auto Estrada Lagoa-Barra na quinta-feira (16). em decorrência da falta de energia na região. Lá o fornecimento é feito pela Light.

CPI

Na terça-feira (28), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Serviços Delegados e das Agências Reguladoras da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) deve realizar audiência pública com a convocação dos presidentes das empresas Enel e Light para prestarem esclarecimentos sobre a falta de energia em diversos pontos do estado durante os últimos dias.



Fonte: Fonte: Agência Brasil

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias
- Publicidade -spot_img

Notícias Relacionadas

- Publicidade -spot_img
Top Of Mind