segunda-feira, julho 15, 2024

Comunidade Aldeia Maracanã recebe nova ordem de despejo

Mais Lidas
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
Agência pública de notícias vinculada à Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Informação, cidadania, educação e cultura.

Símbolo de resistência dos povos originários, a comunidade Aldeia Maracanã, localizada no bairro de mesmo nome, na zona norte, recebeu uma nova ordem de despejo. A decisão é referente a um processo do governo do estado do Rio de Janeiro.

O advogado Arão da Providência Araújo Filho, que representa os moradores da Aldeia, considera que a ação viola valores constitucionais. Segundo ele, atualmente, a aldeia luta pela preservação de sua identidade, cultura e território no contexto urbano.

Arão da Providência aponta os próximos passos que serão adotados pela defesa, na tentativa de rever a decisão judicial. 

O prédio onde fica a Aldeia Maracanã foi sede do Serviço de Proteção Indígena e do Museu do Índio até os anos 1970. Desde 2006, o imóvel foi ocupado pelos indígenas, após décadas de abandono.

Além do tombamento do prédio histórico e da permanência no local, seus habitantes pedem o reconhecimento da Universidade Indígena Pluriétnica na comunidade.

Em 2013, a aldeia, nas proximidades do Estádio do Maracanã enfrentou uma violenta reintegração de posse.

O governo do estado afirma que o espaço é ocupado irregularmente e que aguarda o prazo determinado pela Justiça para tomar as providências cabíveis para a reintegração do imóvel.



Fonte: Fonte: Agência Brasil

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias
- Publicidade -spot_img

Notícias Relacionadas

- Publicidade -spot_img
Top Of Mind