quarta-feira, maio 22, 2024

PF destrói ponte clandestina usada por invasores de terra indígena

Mais Lidas
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
Agência pública de notícias vinculada à Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Informação, cidadania, educação e cultura.

A Polícia Federal destruiu uma ponte clandestina que era usada por invasores da Terra Indígena de Apyterewa, no município de São Félix do Xingu, no Pará.

A ação faz parte da operação de desintrusão para evitar a volta de exploradores ilegais, que atuavam no garimpo, desmatamento e na criação de gado no local.

Segundo ao PF, a ponte, conhecida como Bucha de Natanael, tinha 60 metros de comprimento e quatro e meio de largura. E foi completamente detonada nesta sexta-feira.

De acordo com a Funai, o território de Apyterewa foi a área de floresta amazônica mais desmatada entre os anos de 2019 e 2022.

Segundo a PF, o povo Parakanã convivia com rejeitos de mineração no Rio Xingu, criação de gado e caminhões de toras de madeira ilegais.

Em março, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Luís Roberto Barroso, deu prazo de 180 dias para que o governo federal regulamente o poder de polícia para servidores da Funai.

Essa regulamentação vai definir quais servidores poderão usar armas e quais irão atuar como fiscais de infrações. 



Fonte: Fonte: Agência Brasil

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias
- Publicidade -spot_img

Notícias Relacionadas

- Publicidade -spot_img
Top Of Mind