segunda-feira, julho 15, 2024

Viva Maria: números da violência contra mulher são estarrecedores

Mais Lidas
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
Agência pública de notícias vinculada à Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Informação, cidadania, educação e cultura.

A violência praticada contra a mulher em nosso país traduzida em números é estarrecedora. Segundo dados do Atlas da Violência, divulgados na última terça-feira (18) pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mais de 144 mil mulheres foram vítimas de algum tipo de agressão em 2022, sendo os homens seus principais agressores.

Para além desses números, o Brasil registrou nesse mesmo período o maior número de estupros da história contra crianças e adolescentes. E diante dessa realidade torpe e vergonhosa coube a Childhood Brasil, organização não governamental que há muitos anos trabalha pela proteção da infância e adolescência em nosso país, tomar pra si a iniciativa de explicitar esse drama brasileiro numa publicação que, de tão didática, merecia ser adotada pelas escolas de todo o Brasil.

O fio condutor do trabalho é o PL 1904/24. Com base no conteúdo dessa proposta parlamentar que vem provocando protestos, está uma  pergunta que a todos nós desafia: a quem estão querendo proteger quando propõem uma pena para quem comete estupro de 10 anos e 20 anos para vítimas de estupro que realizam procedimento de interrupção? A resposta cabe à Lais Peretto, diretora executiva da Childhood Brasil.

Confira a entrevista no áudio acima



Fonte: Fonte: Agência Brasil

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias
- Publicidade -spot_img

Notícias Relacionadas

- Publicidade -spot_img
Top Of Mind