quarta-feira, julho 24, 2024

Bolsa volta aos 120 mil pontos e atinge maior nível em um mês

Mais Lidas
Agência Brasil
Agência Brasilhttps://agenciabrasil.ebc.com.br
Agência pública de notícias vinculada à Empresa Brasil de Comunicação (EBC). Informação, cidadania, educação e cultura.

Num dia de alívio no mercado doméstico e externo, a bolsa de valores retomou os 120 mil pontos e fechou no maior nível em um mês. O dólar caiu para abaixo de R$ 4,80 e encerrou a semana praticamente estável.

O índice Ibovespa, da B3, encerrou esta sexta-feira (21) aos 120.217 pontos, com alta de 1,81%, impulsionado por ações de petroleiras, mineradoras, bancos e companhias aéreas. O indicador atingiu o maior nível desde 21 de junho, última vez em que tinha fechado acima dos 120 mil pontos.

O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 4,781, com queda de R$ 0,017 (0,47%). A cotação iniciou o dia em alta, mas passou a cair ainda nos primeiros minutos de negociação. Na mínima do dia, por volta das 11h, chegou a R$ 4,76.

Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana fecha a semana com queda de 0,29%. A divisa acumula queda de 0,19% no mês e de 9,45% em 2023. A cotação está próxima da mínima do ano, R$ 4,767, registrada em 26 de junho.

O mercado financeiro global aguarda a reunião do Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano). Na próxima quarta-feira (26), o órgão decide de mantém os juros básicos da maior economia do planeta ou se eleva a taxa em 0,25 ponto percentual, devendo encerrar o ciclo de altas iniciado em abril do ano passado.

No Brasil, os investidores apostam na queda da Taxa Selic (juros básicos da economia brasileira), na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, na primeira semana de agosto, por causa das quedas recentes na inflação. Apesar da perspectiva de diminuição da taxa, atualmente em 13,75% ao ano, os juros continuarão altos, o que atrai capital financeiro do exterior.

A Agência Brasil está dando as matérias sobre o fechamento do mercado financeiro apenas em dias extraordinários. A cotação do dólar e o nível da bolsa de valores não são mais informados diariamente.

* Com informações da Reuters



Fonte: Fonte: Agência Brasil

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias
- Publicidade -spot_img

Notícias Relacionadas

- Publicidade -spot_img
Top Of Mind