quarta-feira, abril 24, 2024

Estado do Rio de Janeiro tem 26 mortes registradas por dengue

Mais Lidas
Na Boca do Povo
Na Boca do Povohttp://jnnabocadopovo.com.br/
Jornalismo sério, competente e compromissado com à verdade. Criado no dia 01 de Setembro de 2016 hoje somos referência em Santo Antônio de Pádua, e conseguindo a credibilidade em toda a região.

Nesta sexta-feira (08.03), a SES-RJ emitiu uma nota técnica para orientar os 92 municípios fluminenses sobre o fluxo de confirmação e divulgação de óbitos por dengue para agilizar o processamento dos dados represados. 

Em razão da epidemia de dengue e da alta demanda por testes, o Laboratório Noel Nutels (Lacen) e a Comissão de Investigação de Óbitos da Secretaria ampliaram seus quadros técnicos; com a medida, a SES-RJ atualizou para 26 o número de mortes confirmadas

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ) ampliou as equipes técnicas da Comissão de Investigação de Óbitos de Dengue e determinou à Fundação Saúde o reforço no Laboratório Central Noel Nutels (Lacen-RJ). O objetivo é dar mais dar mais agilidade às confirmações de óbitos por dengue e também ao processamento da análise das amostras enviadas ao laboratório. Com as ações, o número de óbitos confirmados no estado foi atualizado para 26.

Em fevereiro de 2024, o Lacen-RJ realizou 20.525 análises de amostras para zica, dengue e chikungunya. Já em fevereiro de 2023, foram 1.766 exames. O número representa um aumento de 1.062%. Em janeiro deste ano, o laboratório analisou 15.456 amostras. No ano passado foram 1.012, o que representa aumento de 1.427%. Por conta disso, a Fundação Saúde disponibilizou cinco plantões extras. Já a comissão responsável pela análise e confirmação dos óbitos por dengue, também foi reforçada e mudou os fluxos de trabalho.

“É importante esclarecer que os dados primeiro devem ser inseridos pelos municípios no Sistema de Informação e Agravos de Notificações (Sinan), do Ministério da Saúde, cuja base de dados é utilizada pela SES-RJ para atualização dos painéis informativos”, pontua Claudia Mello.

Nesta sexta-feira (08.03), a SES-RJ emitiu uma nota técnica para orientar os 92 municípios fluminenses sobre o fluxo de confirmação e divulgação de óbitos por dengue para agilizar o processamento dos dados represados. A partir das novas medidas, 11 óbitos ocorridos ao longo deste ano (10 semanas epidemiológicas) foram confirmados e atualizados no painel do Centro de Inteligência em Saúde da SES-RJ, totalizando 26 em todo estado.
Para analisar os óbitos a SES-RJ leva em consideração a data da ocorrência, e não a data de divulgação. Essa é uma recomendação que foi feita durante toda a pandemia da Covid-19 e muda o entendimento da curva epidemiológica. Essas mortes não aconteceram todas ao mesmo tempo. Elas estão distribuídas dentro de 10 semanas, desde o início do ano.

Até esta sexta-feira (08.03), o Estado do Rio de Janeiro registra o total de 26 óbitos por dengue, sendo:

Rio de Janeiro – 4
Magé – 1
Volta Redonda – 4
Cabo Frio – 1
Resende – 4
Duque de Caxias – 1
Rio das Ostras – 2
Petrópolis – 1
Macaé – 1
Mangaratiba – 1
Angra dos Reis – 1
Paraty – 1
Itatiaia – 1
Três Rios – 1
Cachoeiras de Macacu – 1
Barra do Piraí – 1

Os onze óbitos confirmados pela Comissão da SES-RJ nesta sexta (08.03) foram em:

Rio de Janeiro – 2
Magé – 1
Volta Redonda – 3
Cabo Frio – 1
Resende – 1
Duque de Caxias – 1
Rio das Ostras – 1
Macaé – 1

O “Painel Arboviroses” da SES-RJ é atualizado diariamente com os dados do Sinan. Acesse em: monitorar.saude.rj.gov.br e clique em arboviroses.

Fonte: SES-RJ





Fonte: Fonte: Jornal Na Boca do Povo

- Advertisement -spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -spot_img
Últimas Notícias

Em 24h, Polícia Militar faz apreensões de drogas em três bairros de Pádua – Jornal na Boca do Povo

Ocorrências não têm relações entre si e foram frutos de flagrantes após denúncias e patrulhamento  Quatro apreensões de...
- Publicidade -spot_img

Notícias Relacionadas

- Publicidade -spot_img
Top Of Mind